top of page

Sobre o uso de INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL na antologia Invictus

Atualizado: 10 de dez. de 2023


✨ Antologia Invictus: inscrições seguem abertas! ✨


SOBRE O USO DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL


As novidades surgidas na área da Inteligência Artificial têm gerado muita discussão no meio artístico — a polêmica de uma das capas do Prêmio Jabuti ilustra bem o período em que vivemos! 😬


Tendo isso em vista, o regulamento da antologia Invictus foi especialmente cuidadoso para que nenhuma controvérsia seja criada quanto ao uso de Inteligência Artificial na produção dos poemas, levando em conta, é claro, a boa-fé dos candidatos e a capacidade da organização de identificar o uso indevido de Inteligência Artificial.


Dessa forma, no regulamento consta o seguinte:


➡️ Poemas gerados por Inteligência Artificial NÃO podem participar;


➡️ Inscrições de textos gerados por Inteligência Artificial serão consideradas como atos de má-fé;


➡️ Se, eventualmente, em um ato de má-fé, um texto gerado por Inteligência Artificial for inscrito e selecionado, a organização não se responsabiliza por eventuais desdobramentos legais em termos de Direitos Autorais, pois, ao realizar a inscrição, o candidato (A) estava ciente da proibição da participação de textos dessa natureza e (B) alegava ser o autor do texto;


➡️ A organização também não se responsabiliza por eventual não identificação de texto gerado por Inteligência Artificial (inscrito em um ato de má-fé) caso ele consiga atingir o mesmo grau de qualidade literária de textos escritos por seres humanos;


➡️ O único responsável é o candidato que realizou o ato de má-fé;


➡️ Ao ser constatado o ato de má-fé, o candidato será imediatamente e sumariamente eliminado sem possibilidade de reembolso de qualquer investimento realizado.


———


E você, concorda com a abordagem da organização? Conte-nos o que achou! ☺️


As inscrições para a antologia Invictus foram prorrogadas e seguem abertas até o dia 27/12 (ou enquanto houver vagas)! 😁

83 visualizações3 comentários

3 Comments


Neves Couras
Neves Couras
Dec 11, 2023

Todo avanço da Ciência, só deveria ser utilizado para o bem. Usar essa tecnologia para tentar mostrar um talento que não o tem, é no mínimo antiético.

Like

Unknown member
Dec 11, 2023

Concordo com o posicionamento da Invictus sobre a responsabiliza~]ao de usuários da IA em concursos.

Like

Unknown member
Dec 11, 2023

Concordo plenamente com as colocações desta casa nestes termos. Acho ser isto muitíssimo justo com os seres humanos! Parabéns a Casa Brasileira de Livros por isto e por tudo o mais!

Like
bottom of page